Brand Persona - o que é e como fazer

Brand Persona - o que é e como fazer

Você sabe quem é a Lu do Magazine Luiza, ou o Baianinho das Casas Bahia? Se a resposta for sim, então, você pode até não saber o que é uma Brand Persona, mas você já conhece duas.

Como definição, Brand Persona é a estruturação de uma forma de linguagem da marca, como se ela representasse uma pessoa, com determinados posicionamentos e até gostos pessoais. Ela tem uma forma única de se comunicar e se relaciona com o público da marca, como se realmente existisse. Quer saber um segredo?

Uma Brand Persona bem construída, pode se tornar seu melhor funcionário!

Isto acontece porque uma Brand Persona é a representação fictícia de seu cliente ideal, com motivações e comportamentos. Sendo assim, se as pessoas gostarem e se identificarem com a Brand Persona de sua marca, automaticamente estarão aprovando sua missão e valores, enfim, creditará confiança à sua essência.

Para criar uma Brand Persona que tenha o potencial de representar sua marca e se relacionar com o seu público, você precisa ter em mente muito claro, qual é a identidade de sua marca, assim como conhecer bem seu público. Sem esses dois conhecimentos, dificilmente conseguirá criar uma Brand Persona, que realmente consiga falar a linguagem que chega até seu cliente.

E onde essa Brand Persona atuará?

Basicamente, ela será a cara de sua empresa, em todos os canais que ligam empresa/consumidor. É a Brand Persona quem guiará todo o conteúdo de Marketing que será produzido. Entre seus campos de atuação, as redes sociais são ótimos cenários para inclusive, ajudar atrair clientes para seu negócio.

Apesar do grande potencial que uma Brand Persona gera, por incrível que pareça, ainda hoje, poucas marcas utilizam a Brand Persona, para se aproximar de seus clientes. Entre os motivos que concebem esse receito está a forma como a Comunicação entre clientes e marcas era executada no passado.

Tendo sofrido diversas e profundas alterações, há pouco tempo a propaganda dependia única e exclusivamente de meios tradicionais de Comunicação como jornais, revistas, TV, entre outros. O grande problema disso é que não havia e ainda não há uma maneira de medir o desempenho de campanhas produzidas desta forma, ficando apenas no campo da suposição e subjetividade.

Em contrapartida, o mundo online abriu uma verdadeira gama de possibilidades e hoje é praticamente impossível existir, sem estar na Internet. As plataformas online criaram um novo campo de atuação, onde as atualizações no modo de fazer são produzidas sempre em busca de mais performance.

Por esse motivo, o ideal é buscar conhecimento, ou mesmo encontrar alguém especializado para orientar e muitas vezes até executar o Marketing Digital. Na Macfor somos especialistas nisto.

Dificuldade em se relacionar!

Em pleno século XXI as pessoas ainda sentem dificuldade de se relacionar. No mundo online esse contratempo talvez seja ainda maior, até pelo distanciamento natural da situação.

Em uma época que todo mundo espera que todos tenham posicionamento sobre qualquer assunto, não se colocar pode ser um erro grave e se colocar de forma imprópria, pode ser ainda pior. E não se engane: Isto é válido tanto para as marcas, quanto para os usuários comuns.

E se um dos princípios básicos do Marketing Digital é o engajamento, responder, independente se for crítica ou elogio, é fundamental para conquistar uma maior credibilidade.

Confira nosso material sobre como responder críticas nas redes sociais: https://macfor.com.br/sem-categoria/5-dicas-de-como-responder-as-criticas-nas-redes-sociais/

Nasce uma nova era de consumo!

Com um consumer cada vez mais exigente e em busca de respostas rápidas e satisfatórias, deixar para retrucar depois um usuário, não atender suas necessidades, ou pior, simplesmente não responder, abre a possibilidade de perdê-lo, definitivamente.

Como sempre dizemos, quando você não atende a expectativa do seu cliente da maneira como ele deseja, certamente o seu concorrente atenderá.

É nesse quesito que a Brand Persona atua melhor. Por ser criada com base no comportamento de seu consumer, ela não apenas falará uma linguagem que ele consegue compreender, como também passará a impressão de compartilhar com suas opiniões e anseios, o que consequentemente gera empatia, emoção tão almejada nos últimos tempos.

Outro fator que merece destaque, é que as pessoas querem falar com pessoas, portanto, o atendimento, mesmo que automatizado, precisa parecer o mais natural possível. Quem já percebeu essa tendência e colocou em prática, certamente já colhe bons resultados.

Basicamente, as marcas precisam se conectar com seu público, de preferência de forma rápida, orgânica e mais amigável possível.

Não funciona mais estar apenas segmentada, oferecendo um serviço ou negócio, com preço baixo e desejo de posse. É preciso interagir, trocar valores e experiências.

Fazemos parte de um novo ecossistema de consumo. A linguagem dita publicitária mudou e as empresas, agências e marcas que ainda não se adaptaram ficarão para trás, distanciando-se cada dia mais de sua audiência.

Na Macfor já nascemos usando a Comunicação desta forma. Nosso princípio é fazer com que a jornada do consumidor seja mais direta e principalmente entregando o valor de cada marca.

Brand Persona é uma estratégia de Marketing?

Com certeza a resposta para essa pergunta é sim! E talvez, não só seja uma forma de fazer, como a melhor maneira!

Lembra que lá no começo comentamos que uma Brand Persona bem construída pode ser seu melhor funcionário?

Não estávamos brincando, afinal, além de trabalhar a favor de seu negócio, ela carregará tanto a essência de sua marca, quanto a de seus clientes. Melhor fusão, impossível. Para conquistar essa alta performance é preciso refletir sobre algumas considerações como:

  • Qual a maior dificuldade de minha marca na comunicação com o meu público?
  • Que tipo de comportamento nunca devo ter em relação à essa comunicação?
  • O que posso fazer para melhorar o relacionamento da minha marca com meu público?

Usando sinceridade nessas respostas certamente alcançará um maior conhecimento, e consequentemente mais condições de promover ajustes para melhorar a jornada.

Atualmente, entre as maiores dificuldades que as marcas enfrentam está o atendimento aos clientes de uma forma satisfatória. O que isto quer dizer? Ao procurar uma marca, o consumidor está em busca da solução ideal para sua “dor”, palavra da moda, mas que cabe bem nesse sentido. Primordialmente, ele deseja ter pronto-atendimento.

E qual o maior erro das marcas nesse sentido?

Elas até estão presentes nas redes sociais, mas muitas vezes não sabem como atuar. Criam perfis e não os mantém ativos, não interagem com os usuários e fatal: não respondem os questionamentos, atitude que transparece total descaso e cria um Marketing negativo enorme. Uma dica para não cair em erros comuns como esses?

Trate seu cliente como gostaria de ser tratado. É assim que atuamos na Macfor Marketing.

Com o objetivo de orientar as marcas, sobre qual posicionamento tomar diante das mudanças tecnológicas e comportamentais, a Macfor trabalha de forma diferente!

Somos especialistas em Marketing de alta performance e estamos sempre em busca de resultados. Não sabemos trabalhar de outra forma, que não seja entregando o melhor para nossos clientes. E você? Já pensou em criar uma Brand Persona e construir um relacionamento mais próximo entre seu público e sua marca?

Se ainda não pensou, está perdendo tempo! Fale com um de nossos consultores e interaja com seu público através da linguagem dele. Você não imagina o impacto que isto causará em seu negócio.

Quer conteúdo extra e rápido sobre Brand Persona? Clique aqui e confira o material produzido pela Macfor: https://macfor.com.br/dicas/como-definir-minha-brand-persona/

Saibas quem és que te direis como é sua Brand Persona!

De forma literal marca é um conjunto de símbolos, ícones e tipografia que representa uma empresa, no entanto, marca é bem mais que isso. Além de ser uma solução gráfica que representa a imagem da empresa ela também retrata:

  • Valores;
  • Filosofia;
  • História.

Através da marca é possível compreender o posicionamento no mercado, assim como a mensagem que ela deseja transmitir.

Uma marca bem elaborada é capaz de se tornar referência, haja vista empresas que só de ouvir o nome, já pensamos em todas as características que seus serviços e produtos possuem. Quer um exemplo: Appe, Nike, Coca-Cola, entre tantas outras.

Em suma, marca é a identidade da empresa, ou seja, a forma como o mercado a reconhece. Ela deve transmitir confiabilidade para seu público e estar presente na mente de cada um deles.

Se uma marca conseguir conquistar seu consumidor de maneira arrebatadora, ela passa a ser referência do produto ou serviço que representa. Em alguns casos clássicos, com o passar do tempo ela pode se tornar o próprio produto, como os conhecidos casos do Bombril, Chiquetes, Leite Moça, Toddy, entre tantas outras.

Deseja começar a definir os conceitos de sua marca e não sabe como? Uma dica é começar fazendo uma analogia com a seguintes suposições:

  • Se sua empresa fosse uma pessoa, quais seriam as características dela?
  • Quais suas preferências?
  • Como ela se comunica com o mercado?
  • A imagem que sua empresa passa é realmente a imagem que você gostaria que essa passasse?

A partir das respostas a essas questões você começará a definir os conceitos básicos de sua marca.

Você tem um negócio, mas não sabe exatamente quais conceitos quer que sua marca represente? É empreendedor, está criando um negócio e não sabe por onde começar a definição de sua marca?

Então, fale com algum dos consultores da Macfor e não deixe de conhecer nossa forma de trabalhar a criação e posicionamento de uma marca. Após ter isto bem definido, já pode começar a pensar na criação de sua Brand Persona.

Primeiros passos para criar uma Brand Persona

Bem, imaginamos que pelo que leu acima, já deve estar considerando seriamente a criação de uma Brand Persona. Para orientá-lo nessa jornada, os especialistas da Macfor prepararam algumas dicas de procedimentos fundamentais para o sucesso de sua Brand Persona. Confira!

  • Saiba exatamente quem é a sua marca, o que ela representa, qual sua proposta, quais são seus valores, missão e essência;
  • Conheça o comportamento de seu consumidor. Saiba quais são suas prioridades, influências, crenças e valores;
  • Pense na essência de sua marca e a partir da descoberta que fizer, crie uma linguagem adequada para conversar com seu consumidor.

Em síntese, a criação de uma Brand Pesona é algo que deve ser feito, a partir de um estudo profundo sobre toda ideologia de uma marca.

Vale a ressalva, que até o tom de voz que a Brand Persona terá quando falar, também deve ser escolhido a partir de alguns critérios.

Apesar de parecer que uma Brand Persona só possa ser um álter ego da empresa, uma Brand Persona também pode ser apenas uma linguagem.

Quer um exemplo?

A Netflix. Ao interagir nas redes sociais, a empresa usa uma linguagem moderna, ousada, engraçada e espirituosa, que são características de sua Brand Persona.

Unifique sua comunicação em uma só voz!

Você já deve ter entendido que entre outros fatores, a linguagem que a Brand Persona utiliza para interagir com seus clientes é fundamental para a aceitação, empatia e relacionamento que ela terá com seu público. Se a Brand Persona é a voz da marca, o tom da conversa também precisa ser bem definido. Alguns pontos que merecem cuidados especiais:

  • Tom de Voz – Sim, dependendo de sua Brand Persona, ela terá uma voz – no sentido literal da palavra – e esse fator é um dos elementos com maior influência sobre a comunicação dos seres humanos, até porque ela dita inclusive fatores emocionais e psicológicos de quem fala! A voz é um padrão tão pessoal, que atualmente é usada para verificar a identidade de uma pessoa, então escolha bem sua Brand Persona!

Nesse link tem um artigo bem interessante sobre “O que o nosso tom de voz comunica”: https://amenteemaravilhosa.com.br/tom-de-voz-comunica/

  • Expressões, Gírias e Bordões – Uma das maneiras de se aproximar de um público-alvo é criando expressões e bordões que fiquem em suas mentes e que gerem uma conexão. Gírias também possuem esta mesma função, no entanto só devem ser usadas, caso o discurso da marca siga um padrão mais descontraído. Nesse quesito é fundamental analisar para qual geração é destinada sua comunicação.
  • Definição de Linguagem – Por definição, linguagem é o código usado para estabelecer comunicação e através dela é possível transmitir pensamentos, ideias, sentimentos, entre outras coisas. Ela pode ser aplicada de maneira formal, ou informal e no caso da Brand Persona, a escolha correta sobre qual delas usar, vai depender muito das características de seu público.

Com tudo isto bem definido, é importante que a comunicação de sua Brand Persona seja feita com a mesma linguagem em todos os canais: site, redes sociais, propagandas em meios tradicionais, ou seja: padronize o discurso de sua marca em todos os pontos de contato com seu cliente!

Como podem ver, todos esses requisitos são importantes para a construção de uma Brand Persona que impacte seu consumidor, da maneira que você deseja. Na Macfor Marketing temos um procedimento muito minucioso para apontar quais os melhores caminhos para a criação de uma Brand Persona perfeita. Fale conosco!

Qual a diferença entre Brand Persona e Bayer Persona?

Bem, se você chegou até aqui e leu esse conteúdo completo, já sabe o que é uma Brand Persona, mas não custa recapitular.

Uma Brand Persona é um personagem criado para representar os valores de sua marca. É ela quem transmite a seu público a personalidade de sua marca, através de uma interação mais natural e humana.

De forma resumida, uma Brand Persona é a cara de sua marca – não necessariamente precisa ter um rosto, como já vimos acima – enquanto, a Bayer Persona é a cara de seu público. Calma, vamos explicar!

A Bayer Persona é como se fosse um avatar, uma figura criada para representar seu cliente ideal, uma pessoa perfeita para comprar de você o que sua marca vende. Ah, então Bayer Persona e público-alvo – termo que na verdade, não é mais tão usual – é a mesma coisa?

Não exatamente, na verdade eles seriam melhor definidos se vistos como complementares. Através do Marketing Digital é possível se aproximar de um público-alvo, através da colheita de informações comportamentais bem específicas sobre pessoas ou grupos.

Já a Bayer Persona, precisa de muito mais que uma gama de informações. Ela precisa capitar emoções, obviamente todas relacionadas a uma marca.

Para criá-la é preciso saber:

  • O que ele pensa?
  • Como ele sente?
  • Quais suas dores?
  • Quais seus sonhos?
  • Quais suas preocupações, frustações, medos e necessidades?
  • Entre outras questões.

A partir dessa coleta e uma análise minuciosa sobre os dados, você já pode criar sua Bayer Persona, que em alguns casos, dependendo do seu negócio pode ser até mais do que apenas uma.

Um conteúdo mais detalhado sobre Bayer Persona, qual a diferença entre ela, o público-alvo e cliente ideal pode ser visto nesse link: https://resultadosdigitais.com.br/blog/publico-alvo-cliente-ideal-buyer-persona/

Em suma, é para esse avatar que sua marca direcionará todo Plano de Comunicação, inclusive conteúdo, Marketing e claro, a Brand Persona.

Se desejar saber mais sobre esse assunto, ou outros relacionados a Marketing, fale com algum consultor da Macfor. Nossos especialistas estão prontos para oferecer soluções inovadoras, sempre focadas na alta performance.