Tendências para o Marketing Digital em 2019

Tendências para o Marketing Digital em 2019

Saber se comunicar com a audiência é um dos segredos desta mudança de era

 

Na maioria das vezes, a palavra tendência vem associada ao Marketing Digital. Não é difícil entender o motivo, afinal, nos últimos tempos vivemos uma verdadeira avalanche de novidades e informações.

Diariamente surge algo novo envolvendo o universo do marketing no mundo virtual. Tanto é que muitas vezes é difícil até mesmo para as universidades acompanharem as novidades.

Uma coisa que funcionava há seis meses, já não tem tanta relevância hoje e dependendo do que é se torna até mesmo ultrapassada. A quantidade exorbitante de informações sobre Marketing obriga os estudiosos e profissionais a estarem sempre muito atentos ao que acontece na área. No entanto, não basta saber, é preciso colocar o conhecimento prático!

Como bem diz o futurista Tiago Mattos, um estudioso e entusiasta sobre o futuro e as mudanças que estão ocorrendo no mundo: “não estamos passando por uma era de mudanças, estamos passando por uma mudança de Era!

O que significa isto?  Basicamente, que não dá para dormir no ponto!

Desde os primórdios, o Marketing Digital veio para revolucionar a maneira como as marcas se relacionam com seus clientes. Mas, não é só isto! Ele também mudou a forma do ser humano se comunicar e abriu um leque de oportunidades, para empresas, consumidores e claro, para os profissionais do Marketing, que hoje podem contar com um número infinito de ferramentas.

Por estar em constante mudança e evoluindo cada dia mais, decidimos produzir um conteúdo especial, apontando as principais tendências do Marketing Digital para 2019. Até o final do ano, muita coisa deve mudar, mas, se pensar em Marketing Digital hoje, o conselho é: Atenção nestas oportunidades.

Síndrome de He-Man: Redes Sociais ainda tem a força!

Quando o assunto é redes sociais sempre ouvimos dois questionamentos:

  • Será que elas ainda são tão poderosas como em um passado recente?
  • Qual a melhor rede social para divulgar um negócio?

Basicamente, as respostas para estes questionamentos são:

  • Primeiro, assim como o He-Man, famoso personagem de desenho animado, nos anos 80, elas continuam tendo a força sim! Mas, para que possam funcionar em potência máxima é necessário saber o que falar como falar e principalmente, para quem falar!
  • Segundo, todas as redes sociais são excelentes lugares para marcar presença, no entanto qual é a melhor, dependerá essencialmente de quem é o público desse negócio. Na dúvida, esteja em todas!

Uma excelente comprovação de que as redes sociais não apenas mantém a força, mas estão cada vez mais fortes, foi à experiência que vivemos nas eleições brasileiras, em 2018. Polêmica e repleta de extremismos, discussões e muita movimentação nas redes sociais, elas foram marcadas pelo engajamento on-line. O resultado disto tudo, entre outras coisas, que não vêm ao caso no momento, foi sua consolidação como uma mídia que pode e tem cada vez mais condições favoráveis para bater de frente com a televisão.

 

YouTube: A TV das Massas

Um dos fatores que mais chamaram atenção nesse caso das eleições brasileiras em 2018 foi à tendência da produção de um conteúdo mais transparente do ponto de vista técnico sem muita edição e consequentemente, aparentemente mais verdadeiro. Os especialistas falam, e não há controvérsias: Por enquanto, o YouTube é a nova TV, com a vantagem de que as pessoas podem assistir aos vídeos disponibilizados na plataforma, quando querem e da forma que preferirem, sem necessariamente estar preso ao horário, ou programação.

Até a TV já percebeu isto e seguindo a máxima popular de que “Se não pode com eles, junte-se a eles”, tem produzido programação exclusiva para a Internet. E ao que tudo indica, por enquanto, o YouTube deve continuar reinando, já que nenhuma outra é capaz de bater a segunda plataforma de buscas mais acessada do mundo, sendo a primeira escolha dos usuários, quando o assunto é vídeo.

Diferente da TV, o consumidor do YouTube pode fazer parte da programação, em tempo real. O perfil desse usuário é engajado e ele faz questão disto! Gosta de opinar, sugerir, criticar e costuma se relacionar muito de perto com os canais que se identificam.

Na Internet, todo mundo pode produzir conteúdo, entretanto é importante ressaltar que os realmente válidos, são aqueles bem produzidos – não necessariamente super produzidos, mas com material relevante. E não se engane: apenas postar não é o suficiente e isto vale para todas as redes sociais, afinal, o que importa é qualidade, não quantidade!

 

Um dos pontos que impulsionam o YouTube é que na Internet, de uma maneira geral, as pessoas se sentem à vontade. Um comercial na plataforma pode ser pulado, enquanto que na TV o telespectador é obrigado a esperar terminar. Como atualmente, o que as pessoas menos têm é paciência, dificilmente alguém aguarda até o fim. Enquanto espera é bem provável que vá mexer no celular e talvez até acessar algum vídeo no YouTube, checar suas redes sociais, mudar de canal, ou simplesmente desligar a TV e ir fazer outra coisa.

Existem pesquisas que apontam que até 2020 o tráfego na Internet por meio de vídeos superará 80%. Outro dado interessante é que hoje o usuário fica até 2 minutos a mais em um site, quando está assistindo um vídeo, o que consequentemente gera melhores taxas de conversão, além é claro de melhor Retorno de Investimento.

Em resumo, conteúdo em vídeo é uma ótima opção para alavancar um negócio e não pode ficar de fora das estratégias de Marketing de uma empresa. O YouTube é a televisão das massas e promove a humanização da relação produtor de conteúdo e usuário, outra tendência, que falaremos mais adiante.

 

Você já ouviu falar de Livestream?

Uma das maiores tendências do momento são os vídeos ao vivo. Depois da Live no Facebook, do Story no Instagram e da Live do YouTube, o Livestream também está chegando aos poucos.

No Livestream é possível que o usuário assista e transmita vídeos ao vivo. O mais interessante é que ele possibilita, assim como no Spotify, pagar por uma assinatura Premium para se livrar das propagandas, outra tendência dessa nova realidade. E usando do poder da identificação e relacionamento construído com a audiência, os produtores de conteúdo conseguem até patrocínio para seu trabalho.

Outro ponto positivo do Livestream e da maioria das demais redes sociais é a possibilidade da mensurar a audiência em tempo real, bem diferente da TV, ou mesmo outras mídias convencionais.

 

Instagram TV chegou para ficar!

Uma dica que vale a pena seguir em relação ao Marketing Digital é: se surge algo novo e não tem ninguém fazendo, vai lá e faça! Partindo da primícia de que Internet é leilão (oferta e demanda), quando menos pessoas estiverem usando alguma ferramenta, maior é o alcance orgânico, pois o objetivo em um primeiro momento é incentivar as pessoas a utilizarem. É a velha estratégia do oceano azul, que ensina investir em mercados inexplorados.

E um dos mercados pouco explorados na atualidade, sem dúvida, é o Instagram TV, ou IGTV, a plataforma do Instagram lançada ano passado, voltada exclusivamente para vídeos. O foco dessa novidade são os usuários que já usam o Instagram como uma plataforma de criação de conteúdo. Apesar de ter muito conteúdo bem feito disponibilizado nesse espaço, especialmente no Brasil o IGTV ainda é pouco utilizado, ou seja, uma ótima oportunidade para aplicar o Marketing Digital.

E uma de suas grandes vantagens é que foi criado para ser assistido em celular, o principal meio de acesso à Internet no Brasil. Detalhe: pesquisas indicam que as pessoas preferem assistir vídeos pelo celular, ao invés de desktop, o que por si só também já seria ótimo motivo para começar a usar a plataforma.

 

Um novo Vímeo

Originalmente o Vímeo surgiu como um site de compartilhamento de vídeo, no qual os usuários podiam fazer upload, compartilhar e ver vídeo. Em um primeiro momento, a intenção era sim concorrer com o Gigante YouTube, no entanto, nos últimos tempos nota-se uma mudança de direcionamento.

Atualmente o perfil do Vímeo está mais ligado ao uso profissional, como para videomakers, por exemplo. Nele é possível:

  • Disponibilizar material para aprovação do cliente;
  • Acrescentar informações, sobre quais alterações devem ser feitas, por exemplo;
  • Além de utilizar vídeos com uma qualidade de resolução infinitamente melhor do que no YouTube.

E por falar em YouTube, uma das grandes diferenças entre um e outro é que o primeiro é totalmente gratuito – por enquanto – e em contrapartida o Vímeo possui pacotes de assinaturas para serviços diferenciados.

Então, talvez você esteja se questionando: Qual o melhor, YouTube ou Vímeo?

Na verdade, depende! Se você é um profissional e, por exemplo, deseja anunciar equipamentos de vídeos, talvez essa plataforma funcione de forma mais eficiente para você, pois muito provavelmente seu público-alvo está no Vímeo, no entanto, se o seu negócio fizer parte do mercado de beleza, talvez essa não seja sua melhor opção.

Sendo assim, o ideal é fazer um levantamento de suas reais necessidades e assim escolher assertivamente.

 

Pinterest: Terceira plataforma mais usada em 2018, também tem seu valor!

Lembra da estratégia do oceano azul? Mesmo sendo uma das melhores redes sociais da atualidade, o Pinterest ainda abre essa possibilidade, comprovando que tem seu espaço e valor. Tanto é que ele começou 2019 como um dos sites mais acessados.

Com público composto em sua maioria por mulheres, especialmente por ter conteúdo muito voltado para lifestyle, make, dicas, artesanato, entre outros assuntos ligados ao universo feminino, o Pinterest é uma ótima opção para

Gerar tráfego para outros meios, como sites e blogs.

E o alcance ainda é sua principal vantagem, pois o orgânico ainda está aberto, além de ser uma das únicas plataformas que conseguem usar o omnichannel (convergência de todos os canais utilizados por uma empresa), ou seja, faz com que o consumidor não veja diferença entre o mundo online e o off-line.

Quer um exemplo?

Um salão de beleza pode montar seu Pinterest, colocando imagens de cortes, cor, maquiagem e serviços e usar como um cardápio para seus clientes. A possibilidade também serve para restaurantes e tantos outros negócios e serviços. Uma dica sobre o Pinterest é: use e abuse de imagens e infográficos e lembre-se: na Internet quem chega primeiro, chega duas vezes, portanto, não perca tempo!

Quer ter relevância e ser visto como autoridade? Mova-se no Linkedin!

É redundante afirmar que o Linkedin é tão importante para as empresas que procuram candidatos, quanto para candidatos que procuram vagas. Entretanto ele vai muito além. Quer motivos para estar presente no Linkedin, vamos te dar 7!

  • Alcance um maior posicionamento de mercado;
  • Melhore seu posicionamento de carreira;
  • Mantenha um bom Network em suas áreas de interesse;
  • Encontre várias possibilidades de prospectar novos negócios;
  • Poste conteúdo relevante na sua área de atuação;
  • Esteja atualizado sobre as novidades de mercado;
  • Promova seu Marketing pessoal e empresarial.

Por todos esses motivos e por tantos outros, não é de hoje que o Linkedin tem conquistado seu espaço e ganho expressividade. Tanto é que, o relatório Social Media Trends 2019, aponta que o Linkedin é a terceira rede social mais acessada atrás apenas do Facebook e do Instagram. E a informação mais importante de todas: atualmente o Linkedin possui um alcance estimado em quase sete vezes mais do que as outras redes sociais.

 

Voz para todos!

Nem é preciso dizer que a inteligência artificial já dominou o mundo. Se em 1987 carros voadores, trabalho automatizado e robôs como criados eram só coisa de ficção e no máximo temas da série animada The Jetsons, conhecida por se passar na Era Espacial, hoje é mais do que realidade.

Os assistentes virtuais como a Lexa da Amazon, a Siri da Apple, a Bia do Bradesco, o recente Bixby da Samsung, ou o Google Assistent estão aí para provar.

E se o principal objetivo da inteligência artificial é se comportar como a humana, nada mais coerente de que ela tenha voz, sotaque e até trejeitos de fala. Eficientes, esses assistentes são capazes até de contar piada, além de agendar consultar e informar sobre compromissos.

Segundo especialistas até 2020 as buscas por voz passarão as pesquisas feitas por texto, portanto, é um caminho sem volta. O futuro já está conversando com você!

 

A influência dos Micro-Momentos na tomada de decisão

Se pudéssemos definir qual o grande desafio do Marketing na atualidade certamente poderia afirmar que é encantar o coração do consumidor para fidelizá-lo a uma determinada marca. Com um mercado cada vez mais concorrido em um mundo cada vez mais móvel, esta conquista é ganha nos pequenos detalhes do dia a dia, também chamados de micro-momentos, que basicamente podem ser divididos em:

  • Quero conhecer;
  • Quero fazer;
  • Quero chegar;
  • Quero comprar!

São eles que impulsionarão a tomada ou não de decisão na jornada de compra. Por isto é tão importante entender cada vez mais quem são os indivíduos que consomem uma marca. A partir desta identificação é preciso tentar aproximar-se deles, conectando-se a seus interesses e produzindo conteúdos mais autênticos.

Contraditoriamente, em tempos tomados pela inteligência artificial, o segredo é se parecer cada vez mais com o ser humano, afinal, os mercados são feitos por gente, não por máquinas.

Em resumo, tudo que você possa aproveitar em um curto espaço de tempo para alavancar as redes sociais de sua marca e conseqüentemente, atrair o seu consumidor para mais perto, pode ser definido como um micro-momento.

De uma maneira geral, as pessoas querem se sentir parte de algo, então, ao tornar a jornada mais agradável, você cria uma experiência mais interessante, o que ocasionará em um ciclo de venda menor e mais eficiente.

 

Chegou à vez dos micros influenciadores!

Desde que os escândalos envolvendo os mega influenciadores ganharam o mundo, a eficácia desse tipo de ferramenta para as marcas, começou a ser contestada.

Grandes nomes, inclusive artistas de Hollywood que cobravam milhões por postagem, foram acusados de manter seguidores e curtidas falsas. Nesse ponto a análise do ROI (Retorno sobre o Investimento) foi fundamental para a recente mudança de rumo neste cenário de exageros. Até que ponto vale à pena investir absurdamente em algo, cujo resultado é tão contestável?

Sendo assim, não seria melhor pagar menos, para indivíduos que engajam mais? Não é preciso ser nenhum especialista para saber que no mundo on-line mais vale 10 mil seguidores que curtem, comentam e compartilham, do que 1 milhão que não engaja.

Como podem ver, tendências para o Marketing Digital em 2019, não faltam. Portanto, o ideal é estudar cada uma delas e após uma análise minuciosa escolher qual é a melhor solução para seu negócio. Caso não consiga fazer esta reflexão, conte com os especialistas da Macfor.

E para finalizar trazemos mais três verdades:

  • Atualmente, os conteúdos que engajam melhor são aqueles feitos por pessoas reais e não por mega influenciadores, ou grandes campanhas publicitárias feitas por marcas.
  • Tanto é que pesquisas apontam que os consumidores têm três vezes mais chances de considerar um conteúdo autênticose ele for feito por uma pessoa com a qual se identifique e isto vale para todas as soluções do Marketing Digital.
  • Produzir conteúdo de qualidade e direcionado para um público específico é meio caminho andado rumo ao alto desempenho de um negócio.

Em resumo, tudo que citamos neste conteúdo, são apenas algumas ferramentas desta mudança de Era, a qual testemunhamos todos os dias.

Gostou de nossas dicas? Então, curta, comente, compartilhe e não deixe acompanhar os demais conteúdos produzidos pela Macfor. Somos especialistas em Marketing de alta performance!